segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Campeões Históricos: Pôster Itália Bicampeã Mundial 1938

A terceira Copa do Mundo foi disputada na França entre os dias 4 e 19 de junho. A fórmula de disputa era praticamente a mesma da competição anterior, com jogos eliminatórios simples até que reste o grande campeão. Um fato curioso da Copa de 38 foi o início da interferência do Terceiro Reich nazista no futebol mundial. Em princípio, o mundial seria disputado com 16 equipes (além de 12 europeias, a Índias Holandesas - atual Indonésia - representando a Ásia, Cuba representando a região da Concacaf e o Brasil da América do Sul). Entretanto, tempos antes da disputa, a Áustria foi anexada pela Alemanha nazista. Com isso, sobraram as 15 equipes para competir, já que ninguém foi posto para substituir o espaço vago.
Com a bola rolando, a primeira fase teve muito equilíbrio, tendo jogos onde houve a necessidade de decisão em jogo desempate, já que na época não se disputavam pênaltis. A Itália venceu por 2 a 1 a Noruega. O Brasil passou pela Polônia na prorrogação, em um jogo complicado pelo placar de 6 a 5; Outros resultados foram: Suíça 1 x 1 e 4 x 2 na Alemanha; Hungria 6 x 0 Índias Holandesas; Cuba 3 x 3 e 2 x 1 na Romênia; França 3 x 1 Bélgica; Tchecoslováquia 3 x 0 Holanda. Outra curiosidade: a Suécia classificou sem precisar jogar, já que seu jogo seria contra a Áustria.


Nas quartas de final, a Itália bateu o time da casa por 3 a 1, mostrando a força azzurra da então campeã do mundo na época. O Brasil novamente pegou uma pedreira. Para se classificar diante da Tchecoslováquia precisou jogar uma partida desempate, pois o primeiro jogo terminou em 1 a 1. No desempate o Brasil consegui vencer um jogo difícil por 2 a 1, com grande destaque a Leônidas da Silva - o Diamante Negro - autor dos gols brasileiros. A Hungria venceu por 2 a 0 a Suíça e a Suécia deu chocolate em Cuba por 8 a 0.
Na semifinal, mais uma pedreira para a seleção brasileira. Mas, desta vez o adversário era a poderosa Itália de Meazza e companhia. Mesmo valente, o Brasil perdeu por 2 a 1 e deu adeus ao título, até então inédito. Na outra partida das semifinais, a Hungria despachou a Suécia por 5 a 1.
O Brasil foi espetacular, conseguindo sua melhor campanha em Copas do Mundo. Um terceiro lugar pomposo, vencendo a Suécia por 4 a 2, com um time que tinha, além de Leônidas com destaque, Domingos da Guia, Tim e outros craques.
A grande final foi realizada em um domingo, entre as seleções da Itália e Hungria. A seleção italiana venceu pelo placar de 4 a 2 e sagrou-se bicampeã com méritos. O mundo futebolístico mal sabia esta seria a última copa pré-guerra. Com a Segunda Grande Guerra, outra competição só ocorreu em 1950, mais de dez anos depois do triunfo italiano. Aliás, a Itália poderia ter levado para casa de forma definitiva a Taça Jules Rimet, já que o tri seria disputado nas edições de 1942 e 1946.
Parabéns Itália Bicampeã Mundial 1938. Veja o pôster com os campeões!

Nenhum comentário:

Postar um comentário