domingo, 17 de abril de 2016

Campeões Históricos: Pôster Argentina Bicampeã Mundial 1986

Depois de 16 anos, a copa do mundo voltou a ser disputada no México. O mundial foi disputado entre os dias 31 de maio e 29 de junho, mas agora o formato da competição tinha uma novidade em relação à competição anterior: os dois primeiros de cada um dos seis grupos e os quatro melhores terceiros avançavam às oitavas de final. Com isso, pela primeira vez houve uma fase de mata-mata anterior às quartas de final, tentando diminuir assim as polêmicas da segunda fase com grupos.
No grupo 1, os argentinos fizeram um bom papel vencendo duas e empatando uma partida, contra a Itália e se classificou em primeiro, seguido pelos italianos em segundo, e pela Bulgária, também classificada. Pelo grupo 2, classificaram-se o anfitrião México, o Paraguai e a Bélgica. União Soviética e França também passaram pelo grupo 3.
O Brasil começou muito bem, e venceu suas partidas válidas pelo grupo 4. Ganhou de 1 a 0 da Espanha e da Argélia, e sapecou 3 a 0 na seleção da Irlanda do Norte. Brasileiros e espanhóis avançaram às oitavas. No grupo 5, Dinamarca, Alemanha Ocidental e Uruguai se classificaram, e no último grupo da primeira fase, Marrocos surpreendentemente em primeiro, Inglaterra e Polônia avançam.
Nos jogos da segunda fase do mundial, grandes partidas. O Brasil venceu com sobras a seleção polonesa por 4 a 0 e avançou, marcando os gols de Sócrates, Josimar, Edinho e Careca. A Argentina venceu o Uruguai com o placar magro de 1 a 0 e também se classificou. As demais partidas ficaram assim: México 2 x 0 Bulgária; União Soviética 3 x 4 Bélgica; Itália 0 x 2 França; Marrocos 0 x 1 Alemanha Ocidental; Inglaterra 3 x 0 Paraguai; e Dinamarca 1 x 5 Espanha.


Pelas quartas de final mais um jogo doído para os torcedores brasileiros. A partida entre Brasil e França foi uma das mais equilibradas e marcantes daquela Copa. Os gols saíram no primeiro tempo de partida, com gols de Careca aos 17 e Platini aos 40 minutos. Depois disso, não saíram mais gols, e a decisão teve que ser disputada nos pênaltis. E deu França, 4 a 3, e mais o Brasil amargaria mais quatro anos na fila (depois se tornariam oito anos).
Outra partida marcante das quartas de final foi entre Argentina e Inglaterra. Essa não foi apenas a mais memorável daquele mundial, mas também está no top 10 de toda história. Essa partida ficou caracterizada por um jogador muito habilidoso chamado Diego Maradona, que fez dois gols, um de mão - a famosa "La mano de Diós" e outro espetacular, driblando toda seleção inglesa antes de marcar. O gol de honra de Inglaterra foi de Lineker. As duas partidas restantes foram: Alemanha Oc. 0 (4) x (1) 0 México; e Espanha 1 (4) x (5) 1 Bélgica.
Pelas semifinais, França e Alemanha se enfrentaram no estádio Jalisco, e os alemães enfiaram 2 a 0 nos franceses, que um jogo depois ficou com o terceiro lugar vencendo a Bélgica por 4 a 2. A Argentina venceu também por 2 a 0 a seleção belga, com dois gols de Dieguito.
A grande decisão da Copa 86 foi no famoso estádio Azteca, com mais de 110 mil espectadores. Argentina e Alemanha travaram uma partida emocionante, que terminou em 3 a 2 para os argentinos que puderam comemorar o bicampeonato. Parabéns Argentina Bicampeã Mundial 1986. Veja o pôster com os campeões!

Curta, siga e compartilhe nossa página no Facebook. Acesse: www.facebook.com/postercampeao  

Nenhum comentário:

Postar um comentário